Tiroteio em Cotia tem 2 menores mortos

13:22 |





No último sábado(10), por volta das 18h35, guardas civis foram acionados pelo Cecom para atender um roubo em andamento em um salão de cabeleireiros localizado na Rua Guido Fecchio, no Jd Josemar, em Cotia.
Eles foram informados que no local estariam dois assaltantes, um deles vestindo blusa de moleton preta e o outro de blusa de moleton vermelha.
Uma das viaturas se dirigiu para o local, parando distante alguns metros do local. Os guardas desembarcaram da viatura e ao se aproximar avistaram os dois indivíduos no interior do estabelecimento. Um deles estava ao lado do caixa, rendendo uma das vítimas, que colocava dinheiro sobre o balcão.
Neste momento, os ladrões avistaram os guardas e correram para o fundo do salão. Um dos guardas foi até a porta principal do salão e a abriu liberando as várias pessoas que estavam no interior do estabelecimento. Após todas saírem, ele ordenou que os ladrões se rendessem, tendo um breve diálogo com os mesmos. Porém, estes desobedeceram a ordem, e apontando armas em direção ao guarda, rapidamente acessaram outro cômodo mais ao fundo do salão em tentativa de fuga, arrancando o forro do banheiro, por onde fugiram para o terreno vizinho.
O guarda perseguiu os dois e quando pulou o muro que divide o salão com o estabelecimento vizinho, ordenou novamente para que largassem as armas, momento em foram feitos disparos em sua direção. O guarda revidou os disparos, alvejando os dois indivíduos. Ao vê-los caídos, ele retirou as armas das mãos dos ladrões. Um deles empunhava um revólver Taurus calibre 32 com numeração raspada, e quatro cartuchos deflagrados e dois íntegros. O outro empunhava um simulacro de pistola com a inscrição P.Beretta.
Foi acionada a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, que socorreu os feridos ainda com vida ao Hospital de Cotia, porém, os mesmos não resistiram aos ferimentos e entraram em óbito.
A autoridade de plantão foi acionada, comparecendo ao local o delegado Dr. Gil Brás, que requisitou perícia. A arma e o simulacro foram apreendidos e também encaminhadas à perícia.
Nenhum objeto ou documento de identificação foi encontrado em poder dos infratores, contudo, posteriormente seus familiares estiveram na delegacia, o que possibilitou a identificação dos mesmos como sendo os adolescentes A. e L. de 17 anos.
A polícia solicitou a imagem das duas câmeras do estabelecimento.
O caso foi registrado no DP de Cotia, no boletim de ocorrência de nº 3683/2017, de natureza “Ato infracional de roubo tentado” (art.157), “Homicídio – morte em decorrência de oposição à intervenção policial” (art.121) e “Ato infracional de Resistência” (art.329).
Atendeu a ocorrência a viatura da Guarda Civil 1707, com apoio da UR-18209 do Corpo de Bombeiros.
Fonte: Portal Viva

0 comentários:

Postar um comentário